Sites Grátis no Comunidades.net

Ninjutsu Moderno 忍術


Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Votação
Em que aspecto o site está melhor elaborado?
Aprendizagem
Imagens/Apresentação
Extensão de informação
Facilidade de navegação
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (1068 votos)



ONLINE
1


Frase da Semana - “A vitória pertence àquele que acredita nela, e àquele que acredita nela por mais tempo.” - Pearl Harbor

Aquecimento e Alongamentos

Se não tem flexibilidade, será um desafio pontapear alto e executar movimento corporal avançado.

Há duas formas específicas de alongar: 1 = Alongamento estático e 2 = Alongamento dinâmico

Por regra, o alongamento dinâmico faz-se antes ou depois do exercício em si e os alongamentos estáticos deixam-se para o fim do exercício.

 

Estático
O alongamento estático é lento, constante e mantido (tanto quanto o músculo esticar) por mais de 30 segundos – apesar de muitos artistas marciais fazerem alongamentos estáticos de pernas durante cerca de 30 minutos (“espargata”, por exemplo). Alongamentos estáticos ou “passivos” requerem força externa para manter o alongamento na sua posição.

 

Dinâmico
O alongamento dinâmico usa rapidez de movimento, momento linear e esforço muscular activo. Ao contrário do Estático, o alongamento não é mantido.

 

Apesar de em Ninjutsu Moderno se usar ambos os tipos de alongamento, adoptámos a crença de que o alongamento dinâmico é mais benéfico para o artista marcial e é o método preferido de alongar antes ou durante um treino.

 

Quer ser estático ou dinâmico?

 

Se você é como a maioria das pessoas, foi ensinado sobre a importância de um bom aquecimento com alongamentos estáticos antes de um treino de qualquer exercício físico. Se assim foi, provavelmente continuou a praticar a mesma rotina de sempre, desde então.

 

Contudo, a ciência já adoptou novas crenças sobre esse assunto. Os investigadores agora acreditam que alguns regimes de aquecimento de muitos atletas são, não só uma perda de tempo, como até prejudiciais. A velha presunção de que se deve manter um alongamento por 20 ou 30 segundos – conhecido por Alongamento Estático – antes do exercício físico é incorrecta. Alguns especialistas acreditam que isso pode até enfraquecer o exercício.

 

Num estudo recente conduzido pela Universidade do Nevada – Las Vegas, os atletas geraram menos força nos músculos das pernas depois de fazerem alongamentos estáticos ao fazer um aquecimento do que geraram sem fazer quaisquer alongamentos. Noutros estudos foi descoberto que o alongamento estático reduz a força muscular em cerca de 30%. Além disso, alongar assim os músculos de uma perna pode reduzir a força da outra também, pois o sistema nervoso central luta contra esse tipo de movimento.

 

Há uma resposta neuromuscular inibidora do alongamento estático. O músculo esticado dessa forma responde menos e permanence enfraquecido durante cerca de 30 minutos depois do alongamento, sendo que não é dessa forma que um atleta pretende iniciar um exercício físico…

 

 

O AQUECIMENTO CORRECTO deve fazer duas coisas:

  1. Libertar os músculos e tendões a fim de aumentar o alcance de movimento das várias articulações.
  2. Literalmente aquecer o corpo.

Quando estamos em descanso, o sangue flui menos para os músculos e tendões, sendo que assim, estes estão como que “presos”. Precisamos que os tecidos musculares e os tendões obedeçam para iniciar o exercício.

Um aquecimento bem feito começa por aumentar a temperatura do corpo e a circulação sanguínea. Os músculos quentes e os vasos sanguíneos dilatados ajudam a aproveitar o oxigénio e a usar os próprios músculos mais eficazmente. Qualquer músculo bem aquecido, “estica” mais.

Para aumentar, a temperatura corporal, um aquecimento deve começar com actividade aeróbica, normalmente uma pequena corrida. A maior parte dos treinadores e atletas sabem disto há anos. Mas muitos atletas fazem esta parte do aquecimento com demasiada intensidade ou muito cedo. Em 2002, um estudo feito com jogadores de volleyball revelou que os jogadores que aqueciam e depois se sentavam no banco por 30 minutos, tinham menos flexibilidade e ficavam mais “presos” do que estavam antes de aquecerem.

 

 

Alguns outros estudos recentes demonstraram que um aquecimento aeróbico demasiado vigoroso simplesmente cansa o atleta ou artista marcial. A maioria dos especialistas aconselha a iniciar a corrida de aquecimento a 40% do esforço cardiomuscular máximo (um passo bastante fácil) e a progredir para os 60%. O aquecimento de cariz aeróbico deve durar apenas de 5 a 10 minutos, com uma recuperação de 5 minutos.

No Ninjutsu Moderno temos um método fácil de seguir o Aquecimento que combina as Posturas com uma espécie de Fitness Kickboxing para incluir vários movimentos que envolvem pontapés, socos, torções, movimentos Ninja, etc.

Apesar de o alongamento estático ser ainda praticado quase universalmente por atletas amadores, não melhora a habilidade dos músculos em executar com mais potência. Num aquecimento, você pode sentir que consegue alongar mais depois de um alongamento estático de 30 segundos, daí pensar que aumentou a preparação do músculo. Mas tipicamente, apenas aumentou a sua tolerância mental ao desconforto do alongamento. Na verdade, o músculo fica mais fraco.

Por outro lado, alongar os músculos enquanto se move – alogamento dinâmico – aumenta a potência, a flexibilidade e o alcance do movimento.

Os músculos em movimento não passam pela resposta inibidora do sistema nervosa central. Em vez disso, recebem uma “mensagem excitante” para executar.

 

Lembre-se, se aquecer convenientemente antes do exercício, terá nove vezes menos de probabilidades de se lesionar durante o treino.

 

Alguns dos melhores alongamentos dinâmicos:

Estes exercícios são bons para a maioria dos atletas e artistas marciais. Faça-os imediatamente depois do seu aquecimento aeróbico e logo antes de iniciar o treino propriamente dito.

 

 

MARCHA DE PERNA ESTICADA
(para os isquiotibiais e glúteos)

Dê um pontapé frontal ascendente, com os dedos bem flectidos em direcção ao céu. Chegue com a mão do lado contrário aos dedos flectidos. Pouse a perna e repita com os membros dos lados opostos. Continue a sequência, executando 6 ou 7 repetições.

 

ESCORPIÃO
(Para os músculos lombares, flexores da anca e glúteos)

Deite-se de barriga para baixo, com os braços esticados para fora, e os pés flectidos de modo a que apenas os dedos toquem no chão. Tente chegar com seu pé direito ao braço esquerdo e depois com o pé esquerdo ao braço direito. Este é um exercício um pouco avançado, por isso, comece lentamente, e faça 12 repetições.

 

ANDAR SOBRE AS MÃOS
(para os ombros, músculos principais e isquiotibiais)

De pé e direito, com as pernas juntas, Dobre-se para a frente até as palmas das mãos estarem assentes no chão. “Ande” para a frente até as suas costas estarem quase direitas. Mantendo as pernas esticadas, deslize uma de cada vez até às suas mãos e depois ande para a frente com as mãos outra vez. Repita cinco ou seis vezes.

 

HOMEM-ARANHA
De gatas e com as mãos e cotovelos assentes no chão, “rasteje”, mas como se estivesse a escalar uma parede, como faz o Homem-Aranha.

 

Uma técnica que eu adoro, que é optima para alongar e ficar super-flexível são os 120 Pontapés Dinâmicos. Todas as manhãs, se tiver tempo, ou antes do exercício físico, fazer sets de 20 pontapés ascendentes, ou seja, sem dobrar o joelho. Isto implica fazer sets de 20 pontapés frontais, 20 pontapés laterias e 20 pontapés para trás. Primeiro com a direita e depois com a esquerda, ou alternado. Isto perfaz 120 pontapés sem dobrar o joelho. Lembre-se, a perna deve ir o mais alto possível.

 

Back

Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net