Sites Grátis no Comunidades.net

Ninjutsu Moderno 忍術


Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Votação
Em que aspecto o site está melhor elaborado?
Aprendizagem
Imagens/Apresentação
Extensão de informação
Facilidade de navegação
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (1068 votos)



ONLINE
2


Frase da Semana - “A vitória pertence àquele que acredita nela, e àquele que acredita nela por mais tempo.” - Pearl Harbor

Pontapés Circulares

Mawashi Geri

 

 

Pontapé Circular Simples

 

 

Superfície de ataque:

"Bico" do pé (quando descalço, flectir os dedos do pé para trás o mais possível e bater com a zona logo abaixo, chamada "bola do pé").

Quando se executa o pontapé com calçado, bate-se com a biqueira.

 

Áreas de ataque:

Têmporas, costelas flutuantes, coxas, testículos (quando de lado para o adversário).

 

O Pontapé Circular (conhecido nas arte marciais tradicionais japonesas como Mawashi Geri) é executado levantando a perna de trás (normalmente, pois também pode ser executado com a perna da frente), flectindo-a de lado e lançado o pé num movimento circular para a frente.

 

Aplicações:

Se tivermos botas calçadas, principalmente com biqueira de aço, é um pontapé bastante poderoso.

É bom para contornar a guarda de um adversário e nas circunstâncias certas, usa-se o comprimento da perna para chegar à cabeça deste último.

 

 

 

Pontapé Circular com o peito do pé

 

 

Superfície de ataque:

Peito do pé.

 

Áreas de ataque:

Interior da coxa, nuca, costelas (quando de lado) e testículos.

 

Este pontapé é executado da mesma forma que o anterior, sendo que a diferença está no pé, que em vez de flectido para trás, é flectido juntamente com os dedos para a frente, de modo a bater no alvo com o peito do pé.

 

Aplicações:

Se usar calçado, ajuda a proteger o pé.

É bom para contornar a guarda de um adversário e nas circunstâncias certas, usa-se o comprimento da perna e do pé flectido para a frente e alinhado com a perna para chegar à cabeça do oponente.

 

 

 

Pontapé Circular com o calcanhar

 

 

Superfície de ataque:

Calcanhar.

 

Áreas de ataque:

Joelhos, cabeça (quando o adversário está no chão, de gatas, por exemplo), costelas.

 

Este pontapé é executado da mesma forma que o anterior, sendo que a diferença é que se bate com a parte de baixo da calcanhar, criando assim um efeito mais derrubante, especialmente se tivermos botas calçadas.

 

Aplicações:

Se usarmos calçado, especialmente botas, torna-se um pontapé bastante poderoso.

Pontapear a cabeça de um adversário caído ou que esteja abaixado.

 

 

 

Pontapé Circular com a tíbia

 

 

Superfície de ataque:

Tíbia.

 

Áreas de ataque:

Lado exterior da coxa (no nervo ciático, igual ao Pontapé Circular ou "Low Kick"  do Muay Thai), nuca, costelas (quando de lado).

 

Este pontapé é executado da mesma forma que o anterior, sendo que a diferença é que se bate com a tíbia no alvo. Quando treinado com afinco, é uma arma muito poderosa.

 

Aplicações:

Interceptar e desviar um pontapé do adversário.

Pontapear baixo, nas pernas, de forma a expor outras áreas de ataque.

Pontapear a nuca do oponente ou o nervo ciático, bastante eficaz.

Pontapear a perna do oponente com força para que se torne difícil para ele andar, correr, seguir-nos, etc.

"Varrer" a perna do adversário.

 

Back

Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net